Pedido

Não seja mal educado! deixe um comentário!!!

Resenha do Livro A Sorte do Agora



Resenha do Livro A Sorte do Agora
Autor: Matthew Quick
Ed.: 1
Ano: 2015
Págs.: 224
Editora: Intrínseca

Sinopse:
Bartholomew Neil passou todos os seus quase 40 anos morando com a mãe. Depois que ela fica doente e morre, ele não faz ideia de como viver sozinho. Wendy, sua conselheira de luto, diz que Bartholomew precisa abandonar o ninho e fazer amigos. Mas como um homem que ficou a vida toda ao lado da mãe pode aprender a voar sozinho? Bartholomew então descobre uma carta de Richard Gere na gaveta de calcinhas da mãe e acredita ter encontrado uma pista de por quê, afinal, em seus últimos dias a mãe o chamava de Richard... Só pode haver alguma conexão cósmica! Convencido de que Richard Gere vai ajudá-lo, Bartholomew começa essa nova vida sozinho escrevendo uma série de cartas altamente íntimas para o ator. De Jung a Dalai Lama, de filosofia a fé, de abdução alienígena a telepatia com gatos, tudo é explorado nessas cartas que não só expõem a alma de Bartholomew, como, acima de tudo, revelam sua tentativa dolorosamente sincera de se integrar à sociedade.






Frases:

“Você já reparou que as melhores pessoas do mundo não têm poder... - 21

 "Às vezes tenho a impressão de que simplesmente não acredito o bastante em nada a ponto de fazer uma contribuição significativa para o mundo..." - 33

"A tragédia deve ser utilizada como fonte de força." - 129

Resenha:


Como não se apaixonar por Matthew Quick? 
Confesso que adorei O Lado Bom da Vida e desde então nunca tinha lido outro livro dele. Até que me deparei com este aqui e adorei.

Este livro fala de um solteirão de quase 40 anos que ainda morava com a sua mãe, até o dia em que ela morreu. Desde a morte da sua mãe ele pareceu um tanto desolado e não saberia como viver. Até que um dia ele achou uma carta na gaveta das calcinhas da sua mãe e descobriu o porque que sua mãe passou os últimos dias da sua vida lhe chamando de Richard. A fala sobre o imenso amor de sua mãe pelo ator Richard Gere, daí veio a mania de sua mãe lhe chamar de Richard.

Um solteirão, um padre, um maníaco por gatos e uma meninatecária partem em uma viajem para tentar descobrir quem é o pai de Bartholomew.


Original, arrebatador e espirituoso, A sorte do agora é escrito com a mesma inteligência e sensibilidade de O lado bom da vida. Uma história inspiradora que fará o leitor refletir sobre o poder da bondade e do amor.

Avaliação: 5 estrelas.


Boa Leitura!! <3 


Comentários