homenagem á Steve Jobs de "amo desenho disney"

"É,ESTE CARA TÃO GENIAL  FAZ PARTE DO UNIVERSO DISNEY"!!!

UMA PUBLICAÇÃO "DISNEY MANIA" SEJA QUE LEGAL E INTRIGANTE,EU PARTICULARMENTE NÃO TINHA IDEIA DE TUDO ISSO!
VEJA!!!

“Ele definiu uma Era” afirma Bob Iger





Woody, Buzz Lightyear, Mike Wazowski, James P. “Sulley” Sullivan, Relâmpago McQueen, Mate, Nemo, Dory, A Família Incrível, você provavelmente não conheceria esses nomes e muitos outros que habitam em nossa memória afetiva se, em 1986, uma pessoa chamada Steve Jobs não tivesse cometido a loucura de comprar, por 10 Milhões de Dólares, a divisão de computação gráfica da LucasFilm, que outrora havia produzido filmes como Star Wars e Indiana Jones, mas nesse ano estava a ponto de falir.
E então a companhia foi rebatizada de “Pixar“, um pseudo-verbo em espanhol que significaria “fazer pixels”, tal como em português a maioria os verbos em espanhol terminam em “er”, “ir” ou “ar”, por isso o nome.

No princípio a Pixar era uma companhia de hardware, com seu produto principal sendo o computador Pixar Image Computer. Um dos maiores compradores do computador era nada menos a Walt Disney Pictures, que mais tarde em colaboração com a Pixar desenvolveu o CAPS, um software que permitia colorizar animação tradicional no computador. O Image Computer nunca fez muito sucesso, e para tentar alavancar vendas, um dos empregados, John Lasseter, produzia curtas animados como Luxo Jr. que mostravam as capacidades do aparelho. Depois a divisão de animação passou a fazer comerciais. Mas Steve Jobs gastava tanto dinheiro na companhia, que só reconsiderou a idéia de vendê-la em 1991, quando após demissões em massa a Pixar assinou um contrato com a Disney por US$26 milhões para fazer três longas animados compeltamente através de computação gráfica, o primeiro foi Toy Story, lançado nos cinemas em 1995, onde Jobs foi creditado como Produtor Executivo.
Em 2006, quando a Walt Disney Pictures finalmente comprou a Pixar Animation Studios por 7.4 Bilhões de Dólares, Steve Jobs se tornou o maior acionista indivudual da Disney e também tornou-se membro do Conselho Executivo da Walt Disney Company.


Steve Jobs morreu em 05 de Outubro de 2011, vítima de um câncer de pâncreas.

A morte do visionário Steve Jobs, que revolucionou o mundo da tecnologia à frente da Apple, é comparável à morte do visionário Walter Elias Disney, que revolucionou o mundo do entretenimento.

Atualizado: Bob Iger, o Presidente da Walt Disney Company, acaba de realizar sua declaração sobre o acontecimento:
“Steve Jobs foi um grande amigo, assim como um conselheiro de confiança. O seu legado vai muito além dos produtos que ele criou ou as empresas que ele construiu. Será as milhões de pessoas que ele inspirou, as vidas que ele mudou, e a cultura que ele definiu.
Steve foi um tão ‘original’, com uma mente completamente criativa, imaginativa que definiu uma era. Apesar de tudo o que ele realizou, parece que ele estava apenas começando.
Com o seu falecimento o mundo perdeu um alguém raro, a Disney perdeu um membro da nossa família, e eu perdi um grande amigo.Nossos pensamentos e orações estão com sua Laurene mulher e seus filhos durante este tempo difícil.
~ Bob Iger, Presidente da Disney

Comentários